Restauração ecológica no Brasil: áreas prioritárias, sistemas de referência e parâmetros para o monitoramento da restauração
24 de outubro de 2017

O objetivo do projeto é gerar mapas de priorização espacial da restauração ecológica que deem suporte para políticas públicas e iniciativas de restauração em grande escala. A partir de modelagens dinâmicas que levam em consideração múltiplos critérios (ecológicos, sociais e econômicos) que afetam os custos e benefícios da restauração, serão gerados mapas para cada um dos seis biomas do Brasil: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Pantanal, Mata Atlântica e Campos Sulinos.

Esse projeto é gerido pela Coordenação Geral de Gestão de Ecossistemas e Biodiversidade do Ministério da Ciência e Tecnologia– CBEC/MCTI e vinculado ao Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio). A CBEC/MCTI tem como missão subsidiar a implementação de programas estratégicos de pesquisa, projetos e atividades de fomento que visem à caracterização e entendimento do funcionamento dos ecossistemas. Neste contexto, a restauração ecológica é um tema altamente relevante e estratégico para a gestão dos recursos naturais do país.

No âmbito do programa PPBio, redes de pesquisa em biodiversidade têm sido instaladas em todos os biomas do país, envolvendo pesquisas sobre diversos grupos taxonômicos e ecossistemas com o objetivo de avaliar e monitorar a biodiversidade brasileira e os padrões e processos ecológicos envolvidos.

O presente projeto está sendo desenvolvido pelas instituições de pesquisa que fazem parte das redes do PPBio e pelo Centro de Ciências da Conservação e Sustentabilidade do Rio (CSRio – PUC-RJ), que serão responsáveis, respectivamente, pela compilação, sistematização e análise de dados, e pela síntese e modelagem dos mapas de priorização. Essas instituições incluem especialistas de diversas áreas, o que favorece a inclusão de diferentes grupos taxonômicos e de diversos fatores bióticos e abióticos relevantes para planejar a restauração em grande escala.

Além dos dados gerados no âmbito das redes PPBio, será feito um esforço de compilação de dados secundários relevantes para a construção das camadas espaciais a serem incorporadas nos modelos de priorização da restauração, como por exemplo camadas de custo de oportunidade e potencial de regeneração natural.

Além dos mapas de áreas prioritárias para restauração por bioma, serão geradas publicações científicas contendo os critérios e procedimentos metodológicos utilizados para a priorização da restauração em cada bioma.

Para dúvidas ou esclarecimentos sobre esse projeto entrar em contato com contato@csrio.org

< Anterior Próximo >
Voltar para Projetos